Segundo o borderô do jogo divulgado pela Federação do Rio, o Botafogo ficou com apenas R$ 67.111,12 – ou seja, 21% – da renda do duelo contra o Bonsucesso, realizado sábado, na reabertura do Estádio Nilton Santos. O Bonsucesso, que perdeu por 4 a 0, também levou dinheiro para casa: R$ 48.394,08.

Foram quase R$ 200 mil só em despesas, em taxas como Taxa Ferj (R$ 30.596,00), Despesa Operacional (R$ 20 mil), Confecção, venda e pré-venda de ingressos (R$ 13 mil), Taxa de Iluminação (R$ 10 mil), Posto Médico (R$ 13,8 mil), Despesa Operacional do Estádio (R$ 40 mil), Despesa do Mandante (R$ 10.480,00) e Ingresso Promocional (R$ 13.760,00). Além disso, o Botafogo também teve de pagar o exame anti-doping: R$ 5.480,00.

O que é mais estranho é que o Fluminense jogou domingo contra o Bangu no Maracanã, estádio que não é dele, teve uma renda menor (R$ 306.275,00 contra R$ 319.720,00) e um lucro similar ao do Botafogo: R$ 65.360,64.

Confira o borderô de Botafogo 4×0 Bonsucesso:

bordero

Fonte: Redação FogãoNET