Principal referência do Botafogo e convocado para a seleção paraguaia, Gatito Fernández convive com especulações sobre uma possível saída. Recentemente surgiram notícias de propostas e sondagens, mas nada foi concretizado.

No dia 20 de junho, o clube refutou boato de que Gatito já estaria vendido, negou haver proposta e disse não ter qualquer intenção de negociar.

Hoje, o Botafogo já não descarta saída do goleiro, mas com uma condição.

– Se chegar uma proposta de compra de qualquer jogador será analisada, o que não queremos é vender Gatito muito abaixo da multa. Sobre o Jonathan, será que nesse momento ele valia isso (vendido por 1 milhão de euros)? Se a gente pudesse não vendê-lo, a gente não venderia. Não pelo valor, que é esse mesmo. Mas não temos o fôlego para esperar até o fim do ano, por exemplo – explicou o vice-presidente executivo, Luis Fernando Santos, ao site “Globoesporte.com”.

Gatito Fernández tem contrato com o Botafogo até 2021 e multa rescisória de cerca de R$ 18 milhões.

Fonte: Redação FogãoNET e Globoesporte.com