Deu tudo errado para o Botafogo. Apesar de ser mandante, o Glorioso viu o Estádio Mané Garrincha com maioria da torcida adversária e, com a arbitragem também contra, covarde e despreparada, foi derrotado pelo líder Palmeiras por 1 a 0, conhecendo assim sua segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro e a terceira longe do Rio. Gustavo Gómez, cobrando pênalti, fez o gol da equipe alviverde.

O Palmeiras foi mais incisivo no primeiro tempo e sempre que tinha a posse da bola imprimia ritmo, procurando principalmente as laterais do campo. O Botafogo ficou acuado e só conseguiu criar uma chance aos 29 minutos, quando João Paulo jogou para a área e Leo Valencia desviou para fora, de peixinho. É bem verdade que Gatito também não trabalhou. Deyverson, de cabeça, só foi assustar aos 41, para fora.

Na segunda etapa, o jogo mantinha a história do primeiro tempo, mas aí surgiu o lance que mudou tudo. Após consulta ao VAR, o covarde árbitro Paulo Roberto Alves Junior não teve coragem de sustentar a decisão anterior e assinalou pênalti de Gabriel em Deyverson. Na cobrança, Gustavo Gómez deslocou Gatito e fez 1 a 0 para o Palmeiras. Nessa confusão toda, o juiz amarelou praticamente o time todo do Botafogo, enervando a equipe alvinegra.

O Botafogo tentou impôr uma pressão depois disso e chegou a encaixar alguns ataques, mas encontrou muitas dificuldades para concluir em gol, sem criatividade no meio-de-campo. O Palmeiras esfriou bem o jogo e conseguiu suportar bem na defesa, segurando a quinta vitória em seis jogos na competição.

Próximos jogos

O Botafogo troca de novo a chavinha e agora mira o foco para a Copa Sul-Americana. Quarta-feira, às 19h15, o Glorioso faz o jogo de volta da segunda fase contra o Sol de America, no Estádio Nilton Santos, podendo empatar para avançar, já que venceu o primeiro jogo, no Paraguai, por 1 a 0. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso será o clássico contra o Vasco, domingo que vem, às 11h, também no Niltão.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 1 PALMEIRAS

Estádio: Nacional Mané Garrincha
Data/Hora: 25/05/2019 – 16h
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Clovis Amaral (PE)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Renda e público: R$ 2.320.830,00 / 33.143 pagantes
Cartões amarelos: João Paulo, Gilson, Leo Valencia, Gustavo Bochecha, Fernando, Gabriel, Gatito Fernández, Cícero, Diego Souza e Gustavo Ferrareis (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Gustavo Gómez 16’/2ºT (0-1)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson; Cícero, Alex Santana e João Paulo (Yuri 34’/2ºT); Luiz Fernando (Igor Cássio 28’/2ºT), Diego Souza e Leo Valencia (Gustavo Ferrareis – Intervalo) – Técnico: Eduardo Barroca.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan (Antônio Carlos 26’/2ºT), Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima (Moisés 40’/2ºT); Dudu, Deyverson e Zé Rafael (Gustavo Scarpa 28’/2ºT) – Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Fonte: Redação FogãoNET