Uma vitória neste domingo contra o Madureira, às 16h, no Estádio Nilton Santos, não dará apenas os três pontos ao Botafogo. Além do triunfo, o clube garante uma vaga nas semifinais do Estadual e R$ 200 mil como premiação. Se a combinação de resultados ajudar, o time de René Simões pode acabar a rodada na liderança, se aproximando do título da Taça Guanabara e de um bônus de R$ 1 milhão pela conquista.

Os valores não são pequenos tendo em vista a debilidade econômica vivida pelo clube. Para se ter uma ideia, a premiação pela conquista da Taça Guanabara e a classificação para a próxima fase seriam responsáveis por pagar metade da folha salarial do elenco profissional, estimada em R$ 2,4 milhões. Para os funcionários, o valor pagaria dois meses de vencimentos. A ajuda é vista como importante pelo vice financeiro do clube, Bernardo Santoro.

— Primeiro, é bom deixar claro, que o Botafogo hoje não trabalha com premiações e bonificações em suas previsões orçamentárias. Seria errado contar com isso. Mas, olhando pelo momento que o clube vive, cada centavo extra é fundamental. Se entrar R$ 200 mil ou R$ 1 milhão, a importância será a mesma — explicou o diretor.

Outra fonte importante de receita neste início de ano tem sido a adoção de patrocínios pontuais. Na última quinta-feira, por exemplo, o clube acordou novo contrato com a rede de varejos Casa&Video para apenas o jogo deste domingo. A classificação para as semifinais pode facilitar novas parcerias.

— Nossa intenção é conseguir um patrocinador master até o fim da temporada. Enquanto conversamos com vários parceiros, vamos continuar com os patrocinadores pontuais até que se feche os valores que o Botafogo julgue ideal para 2015 — explicou o diretor comercial alvinegro, Klay Salgado, em entrevista à Rádio Brasil.

Desde a reabertura do Estádio Nilton Santos, o Botafogo soma apenas vitórias. Até agora, três jogos e três vitórias. Além da partida contra o Madureira, o Alvinegro encerra a Taça Guanabara contra o Macaé, em seu estádio.

Fonte: Extra Online