O Botafogo contabilizou mais um prejuízo por causa das obras que são realizadas no Engenhão há quase dois anos. A volta ao estádio aconteceu no último sábado, em amistoso contra o Shandong Luneng e foi pensada pela diretoria alvinegra com cuidado para ser vendida como um produto interessante. A estratégia renderia R$ 200 mil, mas não foi bem sucedida.

Todo o trabalho do clube em torno do duelo foi abaixo com as indefinições sobre o estádio. A Prefeitura do Rio de Janeiro, que administra a arena atualmente, demorou a confirmar qual era a real situação do Engenhão para o jogo.

Em um primeiro momento, o estádio esteve liberado para torcedores e imprensa, com direito a transmissão do canal SporTV. O apelo do jogo com o retorno do Botafogo à casa atraiu a rede de supermercados Unidos, que fechou patrocínio pontual para estampar sua marca na camisa alvinegra e para exibir placas de publicidade em torno do gramado.

Com o acordo apalavrado e a perspectiva de lucrar R$ 200mil, o Botafogo soube que a Prefeitura ainda não tinha total certeza a respeito das condições do estádio. A venda de ingressos para torcedores foi vetada uma semana antes do duelo por causa de entulho proveniente das obras no entorno do Engenhão.

A presença da imprensa e a capacidade de ter estrutura para transmissão do evento também já não eram garantias dias antes do amistoso. Somente na última sexta-feira, a Prefeitura deu aval para que as equipes de TV tivessem acesso ao local.

O canal SporTV confirmou transmissão ao vivo – uma garantia de retorno de visibilidade da marca. A diretoria do Botafogo, logo depois, voltou a procurar o supermercado Unidos para, enfim, assinar contrato.

No entanto, a empresa preferiu recuar diante do pouco tempo disponível para assinar contrato, colocar a marca na camisa do Botafogo e produzir as placas de publicidade – inviabilizando, assim, a receita do clube com o jogo. O caso não estremeceu as relações entre clube e a rede de supermercados, já que as partes discutem uma nova oportunidade para selar um acordo em moldes parecidos.

Após a derrota por 1 a 0 para o Shandong Luneng, no Engenhão, o Alvinegro tem a última semana de preparação antes da estreia no Campeonato Carioca. O primeiro desafio no torneio será contra o Boavista, às 17h do próximo sábado. O duelo está marcado para São Januário.

O Engenhão, de acordo com o Botafogo, estará liberado para receber torcedores no dia 7 de fevereiro, em jogo contra o Bonsucesso. A Prefeitura se compromete a encerrar as obras no entorno do estádio no dia 31 de janeiro.

Fonte: UOL