O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, já encomendou aos executivos de marketing o esboço de um projeto que homenageie Bernardinho, técnico de vôlei multi campeão com as seleções masculina e feminina do Brasil que anunciou sua retirada das quadras.

O objetivo é estreitar a relação com o ex-atleta e torcedor declarado do clube, tentando vislumbrar o aproveitamento na estrutura alvinegra.

CARLOS EDUARDO diz que a mentalidade vencedora, o espírito de liderança e o respeito internacional são valores relacionados a imagem de Bernardinho que fortaleceriam a filosofia do próprio Botafogo.

“Estou ansioso para abraçá-lo, parabenizá-lo, e ver de que maneira poderemos tê-lo com a gente”, sinaliza o dirigente, que, evidentemente, ainda sem saber dos planos alheios.

A PRESENÇA de Bernardinho na estrutura alvinegra num cargo executivo, seria mesmo um baita respiro à estrutura arcaica e viciada vigente num clube de futebol.

Não chegaria a ser novidade, mas nenhum dos profissionais olímpicos já experimentados do outro lado da fronteira tem em seu bojo as convicções e os frutos alcançados por Bernardinho.

O Botafogo, sem dúvida, estaria dando um salto e tanto em organização desportiva.

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online