Artilheiro do time no Carioca com seis gols e destaque da equipe neste início de temporada, Jóbson é a prioridade do Botafogo no momento. O contrato do atacante termina daqui a três meses e os dirigentes começam a se mexer para tentar manter o jogador pelo menos até o fim do ano. A ideia é estender o compromisso até o fim do ano.

No início de março, houve a primeira reunião entre as partes e o clube reconheceu que Jóbson está merecendo um aumento. Ele recebe atualmente cerca de R$ 60 mil por mês e o Botafogo acena com uma aumento de 40%, o que faria com que o salário pulasse para cerca de R$ 85 mil. Mas para receber este valor, o atacante tem que alcançar metas preestabelecidas, como número de gols, partidas como titular e comportamento extra campo.

Uma nova rodada de negociações deverá acontecer até o fim do mês. Além do aumento também será discutida a dívida que o clube tem com Jóbson, relativa a atrasos de salários. O clube reconhece a dívida, mas já disse que só poderá pagar em 2016.

Nesta quarta-feira, o time fez um jogo-treino contra o Minessota United, dos EUA, e venceu por 2 a 0, gols de Pimpão e Sassá.

Fonte: O Globo Online