O namoro entre Zé Ricardo e Botafogo pode dar casamento dessa vez. O treinador foi contactado na última quarta-feira (1) e é a primeira opção da diretoria alvinegra para substituir Marcos Paquetá, que caiu depois da derrota de 2 a 1 para o Nacional, do Paraguai, na Sul-Americana. Conforme apurou o Esporte Interativo, o treinador está inclinado a aceitar a proposta, mas ainda irá se reunir com dirigentes do clube carioca para alinhar questões contratuais. O encontro não acontecerá nesta quinta (2), pois os dirigentes estavam com a delegação fora do Brasil.

O Botafogo ainda precisa acertar com Zé Ricardo bases salariais, o que é um desafio para o clube. Apesar do momento financeiro conturbado, a diretoria alvinegra está disposta a aumentar o oferta em relação ao que pagava aos últimos três treinadores: Felipe Conceição, Alberto Valentim e Marcos Paquetá.

Além disso, outros dois fatores terão que ser alinhados nos encontros entre Zé Ricardo e a diretoria do Botafogo: salários em dia do elenco – atrasos têm ocorrido nos últimos meses – e a busca por reforços.

É a segunda vez que Zé Ricardo surge como opção no Botafogo. Antes de fechar com Marcos Paquetá, o Alvinegro chegou a negociar com o treinador, mas não houve acordo daquela vez. As chances aumentam agora depois do técnico não acertar com Santos e Vitória.

Fonte: Esporte Interativo