Botafogo recusa até Milan e fixa preço para negociar Lodeiro

Compartilhe:

Em recente conversa com a reportantegem do L!Net, o empresário de Lodeiro, o também uruguaio, Gerardo Cano, reiterou a ótima relação que ele e o jogador têm com o Botafogo. Assim como Russolwsky, o agente salientou a felicidade do jogador por estar jogando pelo clube alvinegro. A boa campanha do time na temporada, assim como a possibilidade de conquistar o título brasileiro, são outros fatores que têm estimulado muito o jogador.

 

Contratado pelo Botafogo em julho de 2012, Lodeiro já disputou 51 jogos com a camisa do Botafogo e marcou 14 gols. O jogador tem 24 anos e tem contrato assinado com o Botafogo até o fim de 2016. Revelado no Nacional, do Uruguai, o apoiador jogou no Ajax, da Holanda, antes de se transferir para o clube carioca. Proposta do Milan (ITA), de um clube paulista, além de diversas sondagens de clubes europeus e árabes. Este foi o caminho enfrentado pelo Botafogo para manter Lodeiro no elenco. Apesar do assédio, nenhuma das propostas chegou ao valor que o clube estipulou. Isso tornou a missão de manter o uruguaio mais fácil. Hoje, quem quiser tirá-lo de General Severiano terá de pagar entre 12 e 15 milhões de euros.

 

Os direitos econômicos de Lodeiro são divididos entre o Botafogo e a WDS, grupo de investidores, com sede em Porto Alegre, e que detém 43,75% do jogador. O restante pertence ao Glorioso. Além do clube e dos investidores, há a Goal Sport Promotion, sócia da empresa gaúcha, encarregada de intermediar as transações pelo jogador uruguaio.

 

Em recente conversa com dirigentes alvinegros no Rio, os investidores ouviram em General Severiano o grande apreço do presidente Mauricio Assumpção, assim como de todos os seus diretores e da comissão técnica. Por isso, o desejo de que o uruguaio permaneça é grande.

 

– Nós somos parceiros do Botafogo e faremos sempre o melhor para as três partes (Lodeiro, Botafogo e WDS). O Lodeiro está muito feliz no Botafogo, não há motivos para ter pressa para sair. Estamos felizes com a valorização e o Botafogo com o desempenho dele no campo. Então, a parceria é um sucesso – disse Felipe Russolwsky, advogado dos investidores, ao LANCE!Net.

 



Fonte: Lancenet!
Comentários