Com doses de sofrimento desnecessário no final, o Botafogo empatou com o Audax Italiano em 1 a 1 nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, e garantiu a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana, já que havia vencido o primeiro jogo, no Chile, por 2 a 1. Matheus Fernandes fez o gol do Glorioso, que perdeu diversas chances de ampliar e sofreu o empate já na parte final.

O Botafogo começou irreconhecível. Apesar da vantagem no primeiro jogo, demorou a se encontrar no Nilton Santos e viu o Audax Italiano chegar com mais ênfase ao ataque. Os chilenos chegaram a reclamar de um pênalti de Jefferson em Tarifeño, mas o atacante do Audax Italiano claramente dobra o joelho antes de ser tocado – e, na origem da jogada, já deveria ter sido marcado impedimento.

Só depois dos 20 minutos que o Botafogo entrou em campo, mas mesmo assim sem brilho. Passou a ter mais presença ofensiva e a sofrer menos na defesa. A melhor chance foi com um cabeceio de Igor Rabello, já aos 30 minutos. Precisando só de um empate para avançar, o Alvinegro às vezes pareceu acelerar demais o jogo, caindo na armadilha do Audax, e vaias foram ouvidas no apito para o intervalo.

No segundo tempo, o Botafogo jogou mais. Aos 7 minutos, Brenner quase abriu o placar, após driblar Torres e tentar tirar demais do gol. O Audax Italiano deu um susto aos 10, quando Ariel Martínez balançou as redes, de cabeça, mas o lance já havia paralisado por conta do impedimento assinalado pelo assistente Michael Orué.

Coube ao garoto Matheus Fernandes ser o protagonista do jogo. Ele recebeu de Leo Valencia em frente à área e, mesmo de longe, arriscou um belo chute, que descaiu e foi no cantinho esquerdo do goleiro Peric, que só olhou. Primeiro gol do “Coquinho”, revelado na base alvinegra, em 55 partidas pela equipe profissional.

Com a vantagem dobrada no confronto, o Botafogo teve mais chances de ampliar, mas não converteu. Brenner acertou a trave aos 20 minutos, após jogada de Kieza. Depois, Matheus Fernandes avançou sozinho, mas acabou tirando demais do goleiro na hora da finalização. Aos 37, foi a vez de Kieza roubar a bola no campo de defesa, sair sozinho, mas tentar um toque pífio ao invés da finalização.

Como castigo, o Botafogo acabou transformando uma classificação tranquila em drama. Já aos 40 minutos, num chute despretensioso de fora que foi no meio do gol, Cabrera empatou para o Audax Italiano. Mais um gol dos chilenos e a vaga seria decidida nos pênaltis. Mas o Glorioso acabou suportando a pressão final, perdeu mais uma chance clara com Rodrigo Pimpão e se garantiu na segunda fase da Copa Sul-Americana. O adversário sairá por sorteio, dia 4 de junho.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 1 AUDAX ITALIANO

Estádio: Nilton Santos
Data-Hora: 9/5/2018 – 21h45
Árbitro: Michael Espinoza (PER)
Assistentes: Michael Orué (PER) e Stephen Atoche (PER)
Renda e público: R$ 202.380,00 / 8.251 pagantes / 8.970 presentes
Cartões amarelos: Brenner, Jefferson e Carli (BOT); Crovetto e Bosso (AUD)
Cartões vermelhos:
Gols: Matheus Fernandes 13’/2ºT (1-0) e Cabrera 40’/2ºT (1-1)

BOTAFOGO: Jefferson; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Leo Valencia (Kieza 18’/2ºT); Renatinho, Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão 21’/2ºT) e Brenner (Jean 34’/2ºT) – Técnico: Alberto Valentim.

AUDAX ITALIANO: Peric; Crovetto, Manuel Fernández (Escobar 32’/2ºT), Torres e Bosso; Cabrera, Cornejo (Jeraldino 24’/2ºT) e Vásquez; Carrasco, Martínez e Tarifeño (Ledezma 36’/2ºT) – Técnico: Juan José Ribera.

Fonte: Redação FogãoNET