Já tendo anunciado anteriormente folga nesta segunda-feira, enquanto aguardava as definições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para definir a programação semanal, o Botafogo oficializou, nesta tarde, a suspensão do treinos do profissional e da base por 15 dias.

O motivo é a pandemia do coronavírus, que tem afetado o mundo dos esportes, inclusive com paralisação de torneios, desde as últimas semanas. Já os funcionários administrativos do clube terão suas jornadas reduzidas, além de atividades sociais e escolinhas “suspensas temporariamente”.

– Em conformidade com a deliberação da Ferj, o Botafogo informa que suspendeu por 15 dias os treinos do profissional e da base. O Clube destaca a importância da decisão pela paralisação e reitera a sua prioridade no momento: mitigar a propagação do COVID-19 e a saúde de todos – comunicou o clube de General Severiano, através das redes sociais.

– Todas as atividades sociais e das escolinhas estão suspensas temporariamente. Os funcionários administrativos terão suas jornadas reduzidas com alternância de home office/regime de escala, organizadas pelos seus respectivos gestores – continuou o comunicado.

O período de 15 dias é o mesmo determinado para a suspensão do Campeonato Carioca, cuja decisão se deu na manhã desta segunda-feira, após reunião na sede da Ferj, com representantes dos clubes e Sindicato dos Atletas e de Treinadores. A medida vale para todas as competições organizadas pela entidade, incluindo quanto às categorias de base.

O Botafogo, desde o princípio, votou a favor da paralisação do Estadual.

Em tempo: a Copa do Brasil, na qual o Alvinegro jogaria contra o Paraná nesta quarta-feira, pela partida de volta da terceira fase, foi igualmente suspensa.

Fonte: Terra