O Botafogo briga diretamente por uma vaga para a Copa Libertadores de 2017. Essa frase poderia parecer brincadeira meses atrás, mas com a grande arrancada do time comandado por Jair Ventura, ela se tornou realidade.

Continua Depois da Publicidade

Campeão da Série B no ano passado, o clube retornou à primeira divisão com investimento pequeno e uma expectativa simples: ficar na elite do futebol brasileiro.

Essa parecia ser a realidade do Botafogo por mais da metade do Campeonato. Com o 9º elenco mais barato da competição – cerca de R$ 99,4 milhões -, o time chegou ao final do primeiro turno com 23 pontos – dois acima da zona de rebaixamento – e a 13ª colocação na tabela.

Foi quando Ricardo Gomes assinou com o São Paulo, e Jair Ventura assumiu o cargo de treinador.

De lá para cá foram nove vitórias em 12 partidas. Agora com 47 pontos e a 5ª posição, o Botafogo é o grande exemplo de time “bom e barato”. Se considerada a proporção entre pontuação e valor de elenco, a equipe carioca é, de longe, a melhor.

Continua Depois da Publicidade

Cada ponto do time equivale a R$ 2,1 mihões de seu elenco. Entre aqueles que estão na frente dos alvinegros na tabela, o que mais se aproxima é o Santos, que tem proporção de R$ 2,97 milhões.

Já os líderes do Campeonato Brasileiro estão ainda mais distantes. Na segunda colocação, cada um dos 57 pontos do Flamengo vale R$ 3,73 milhões. Já a proporção do Palmeiras, que conquistou 60 pontos com o elenco mais valioso da competição – R$ 287 milhões -, é de R$ 4,79 milhões.

Continua Depois da Publicidade

O principal motivo dos gastos pequenos do Botafogo é a origem de seus atletas. Praticamente todo o elenco foi contratado por valores baixos ou empréstimos. O goleiro Sidão, por exemplo, ainda pertence ao Osasco Audax. Já o meia Camilo, camisa 10 do time, assinou de graça após rescindir seu contrato com os árabes do Al Shabab.

Veja o ranking de proporção entre valor de elenco e pontos no Brasileiro:

Time Pontos conquistados Valor do elenco (milhões de reais) Proporção (milhões de reais)
Botafogo 47 99,4 2,11
Chapecoense 41 95 2,31
Vitória 35 87,8 2,51
Ponte Preta 39 98,5 2,52
Coritiba 37 96,3 2,6
Atlético-PR 45 118,4 2,63
Santos 51 151,5 2,97
Santa Cruz 23 68,6 2,98
Figueirense 32 97,7 3,05
Corinthians 45 148,5 3,3
América-MG 21 74,9 3,56
Flamengo 57 212,7 3,733
Sport 34 127 3,735
Fluminense 46 181,1 3,93
Palmeiras 60 287,8 4,79
Atlético-MG 53 259,5 4,89
Grêmio 43 231,4 5,38
São Paulo 36 242,1 6,72
Internacional 33 225,3 6,82
Cruzeiro 36 265,3 7,37

Continua Depois da Publicidade
Fonte: ESPN.com.br
Continua Depois da Publicidade

Comentários