Botafogo tenta manter boa fase e 100% contra o Atlético-GO no Mané Garrincha

Compartilhe:

Após vencer os dois primeiros jogos, sendo o mais recente uma goleada de 4 a 1 aplicada no CRB, o Botafogo tenta manter os cem por cento de aproveitamento na Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado, às 16h30, quando visita o Atlético-GO no Estádio Mané Garrincha, pela terceira rodada. Com seis pontos somados, o Glorioso terá pela frente um Dragão que vem abalado pela derrota de 2 a 0 para o Ceará, que manteve o time com três pontos, e pela eliminação na Copa do Brasil para o América-RN, que aconteceu no meio de semana.

Apesar de o adversário não vir de resultados empolgantes, o técnico René Simões espera uma partida muito equilibrada neste sábado. Ele entende que o rival vai encontrar motivação na campanha do Botafogo.

“O Botafogo vem fazendo uma bela campanha na Série B, é um time que tem vocação ofensiva e que procura se impor diante dos adversários. Isso faz com que os nossos rivais tentem crescer quando nos enfrentam e contra o Atlético Goianiense não vai ser muito diferente. Essa motivação dos adversários torna qualquer partida muito complicada. Mas meu grupo está cada vez mais maduro e preparado para enfrentar adversidades. Isso me mostra tranquilo em relação à expectativa de termos um bom desempenho e construírmos o triunfo”, avisou o treinador do Botafogo.

O jogo será disputado em Brasília porque o Atlético vendeu o mando de campo a alguns organizadores em busca de ampliar sua receita. A expectativa é de casa cheia, pois o Botafogo tem grande torcida na capital federal. Porém, os botafoguenses também não enxergam isso como uma vantagem.

“O Botafogo não tem que se preocupar com o local da partida, pois o mando de campo é do adversário e ele escolhe onde quer jogar. Nós temos que nos preocupar em ir a campo e conseguir ter um bom desempenho, render aquilo que se espera de nós e procurar conquistar uma vitória. O Atlético conta com uma equipe de muita qualidade, bons profissionais e farão de tudo para procurar a vitória. Cabe ao Botafogo se impor pelos meios de seu futebol e não pela partida ser disputada em um ou outro local. O nosso foco está dentro das quatro linhas”, alertou o zagueiro Diego Giaretta.

Em termos de escalação, o Botafogo terá novidades. O lateral-direito Gilberto e o atacante Bill, preservados diante do Figueirense, voltam nas vagas de Luis Ricardo e Henrique, respectivamente. Outra novidade será o retorno do meia Daniel Carvalho, que estava vetado em Santa Catarina por conta de uma virose. O jogador ocupará o posto de Diego Jardel. O atacante Rodrigo Pimpão, expulso na goleada diante do CRB, cede posto a Lulinha.

O lateral-esquerdo Carleto será preservado, e Pedro Rosa assume o posto. René segue sem poder contar com o volante Marcelo Mattos, com dores musculares na coxa direita, que será substituído por Camacho. Outro desfalque é o atacante Sassá, que se recupera de uma entorse no pé esquerdo.

Pelo lado do Atlético, o técnico Marcelo Martelotte acredita que sua equipe pode se impor diante do adversário.

“Sabemos que o Botafogo tem um grande time e respeitamos, porém, não tememos nenhum adversário. Podemos jogar de igual para igual e conquistarmos o resultado positivo”, disse o treinador.

Para este compromisso o Atlético não deverá ter maiores novidades em relação aos jogos passados. Mesmo assim, Martelotte não quis antecipar a escalação.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X BOTAFOGO

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 23 de maio de 2015
Horário: 16h30
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Fabrício Porfirio de Moura (SP) e Marco Antônio de Andrade Motta Júnior (SP)

ATLÉTICO-GO: Márcio, Éder Sciola, Marcus Vinicius, Rafael e Sidcley; Anderson Pedra, Sérgio Manoel, Zezinho e Luisinho; Juninho e Rafinha
Técnico: Marcelo Martelotte

BOTAFOGO: Jefferson; Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Pedro Rosa; Willian Arão, Camacho, Daniel Carvalho e Elvis; Lulinha e Bill
Técnico: René Simões



Fonte: ESPN.com.br
Comentários