O Botafogo perdeu a invencibilidade na temporada com a derrota de 1 a 0 para o Vasco, no domingo, e agora busca rapidamente a reação nesta quarta-feira. Pela quarta rodada da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca, o time duela com o Volta Redonda em São Januário, às 19h30 (de Brasília).

O time alvinegro soma quatro pontos e defende a permanência na zona de classificação para as semifinais. Porém, terá pela frente a verdadeira sensação do campeonato. O Volta Redonda, que fez 1 a 0 no Flamengo no sábado, é o segundo colocado com seis pontos e travará um confronto direto com os botafoguenses.

Ricardo Gomes se mostra confiante na busca pelo resultado positivo, pois entende que os jogadores estão querem mostrar reação após a primeira derrota na temporada. Isso porque o time teve uma boa atuação contra o Vasco e ainda foi prejudicado pela arbitragem.

“O que aconteceu no jogo passado não serve em nada para amenizar o mau resultado. Portanto, tenho certeza de que meus jogadores estão ainda mais motivados para conseguirem um resultado positivo e uma atuação convincente na quarta-feira. Sei que o Volta Redonda tem um grande time, principalmente por ter jogadores de muita qualidade no meio-de-campo, mas confio no potencial da minha equipe”, disse Gomes.

Na visão dos botafoguenses, o próximo duelo deve ser considerado um jogo-chave. Bruno Silva ainda ressaltou a qualidade do oponente.

“O Volta Redonda ganhou seus últimos jogos e se colocou dentro da zona de classificação com merecimento. É um adversário que está brigando pela classificação para as semifinais e pode acabar complicando a nossa vida em caso de um tropeço. Portanto, para nós essa partida realmente pode ser considerada estratégica, ainda mais porque perdemos para o Vasco e agora precisamos reagir logo”, declarou o volante.

O Botafogo tem problemas para esse jogo. Como o lateral-direito Luis Ricardo continua de fora por conta de lesão na coxa direita, Diego está mantido no setor. Com dores na mesma região, o zagueiro Emerson Santos também será preservado e vai abrir espaço para Renan Fonseca. Desfalque certo é o volante Aírton, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo no clássico e vai ter que cumprir suspensão. Fernandes ganha o posto.

Pelo lado do Volta Redonda, o técnico Felipe Surian cobra personalidade de seu time.

“Sabemos da grandeza do Botafogo e do fato de ser favorito, pois não vamos jogar em casa. Mas o Volta Redonda tem mostrado muita personalidade e uma atitude vitoriosa ao longo de todo este Campeonato Carioca. Mesmo respeitando o Botafogo, não vejo motivos para alterarmos a nossa maneira de jogar. O meu pensamento é de irmos a campo buscando os três pontos, que nos deixariam em ótimas condições em termos de classificação”, declarou Surian.

O treinador, sem problemas de lesão ou suspensão, vai repetir a escalação do jogo passado. A principal esperança do time é o atacante Tiago Amaral, artilheiro do Campeonato Carioca com nove gols.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X VOLTA REDONDA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de março de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Assistentes: Francisco Pereira de Sousa (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ)

BOTAFOGO: Jéfferson, Diego, Renan Fonseca, Joel Carli e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Fernandes, Bruno Silva e Gegê; Juan Salgueiro e Ribamar – Técnico: Ricardo Gomes

VOLTA REDONDA: Mota, Luís Gustavo, Luan, Maílson e Cristiano; Bruno Barra, Marcelo, Dija Baiano e Vinícius Pacheco; Hugo e Tiago Amaral – Técnico: Felipe Surian

Fonte: ESPN.com.br