A diretoria do Botafogo considerou legítima a decisão dos jogadores de não conceder entrevistas em protesto por conta dos dois meses e cinco dias de salários atrasados, informou o site Globoesporte.com. Os atletas treinam normalmente na tarde desta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos.

Segundo o site, o Botafogo considerou ser digna a atitude dos atletas e garantiu mobilização para equacionar os débitos. Os jogadores também reclamam de atrasos nas premiações.

É o segundo protesto dos jogadores no ano. Em abril, antes do primeiro jogo contra o Juventude, pela Copa do Brasil, em Caxias do Sul, os atletas decidiram não se concentrar por causa da falta de pagamento.

Fonte: Globoesporte.com