Bruno Silva parece ter se antecipado ao anúncio oficial do Cruzeiro. Em vídeo que circula na internet (veja abaixo), o volante do Botafogo afirma que “chegou ao Cruzeirão cabuloso” e ainda zomba do Atlético, o maior rival do clube. “Vamos atropelar”, diz ele. O vídeo parece ter sido cortado, mas não há dúvidas de que se trata do meio-campista, que integrou a Seleção do Brasileirão em 2017.

 

Bruno Silva negocia com o Cruzeiro desde a reta final da Série A. Ele é um desejo antigo de Mano Menezes e chegou a ser anunciado pelo presidente Gilvan de Pinho Tavares antes do clássico contra o Atlético, em outubro. Na ocasião, a nova diretoria, que assume em janeiro, desmentiu o mandatário, mas não negou o interesse em ter o volante na próxima temporada.

Nesse sábado, em entrevista à Rádio Itatiaia, o jogador deixou claro o desejo de vestir a camisa do Cruzeiro em 2018. “É um sonho jogar em Belo Horizonte, em Minas. Saí do Villa (Nova) muito cedo. Por minha família ser daqui, todo mundo cruzeirense, isso tem um peso para mim”, disse. “Já pediram até camisa (risos). Espero que possa acertar. Pode ter certeza que se eu fechar com o Cruzeiro, vou ser o mesmo Bruno Silva do Botafogo (…) Essa semana teremos o desfecho (…) Minha vontade é jogar em Minas”, garantiu.

Presidente eleito, Wagner Pires de Sá, acompanhado de seu futuro vice de futebol, Itair Machado, participou de reunião com a diretoria do Botafogo nesta semana. No encontro, o Cruzeiro formalizou uma proposta que teria agradado ao time da estrela solitária. Empresário de Bruno Silva, o ex-jogador Carlinhos Sabiá também ficou satisfeito e indicou que a Raposa estava na frente da disputa pelo volante. O Internacional é outro clube interessado.

Histórico de Bruno Silva

Bruno Silva, de 31 anos, começou a carreira no Villa Nova, em 2005. Ele atuou por times do interior de Minas antes de passar por Avaí, Bahia, Ponte Preta, Atlético-PR, Chapecoense e Botafogo. Um dos destaques do alvinegro em 2017, o volante jogou 60 partidas e marcou nove gols. De estilo aguerrido, é considerado um dos líderes do clube carioca e se destaca pela entrega em campo. Por causa da forte pegada, levou 18 cartões amarelos e dois vermelhos nesta temporada.

Se for contratado, Bruno Silva brigará por posição com Robinho no Cruzeiro. Apesar de também atuar como volante, o jogador prefere entrar em campo aberto pelo lado direito, dando apoio ao ataque e auxiliando o lateral na defesa. O Cruzeiro priorizou sua contratação, já que Robinho tem sofrido com lesões nesta temporada e precisa de um concorrente à altura.

Assim que o interesse do Cruzeiro se tornou público, Bruno Silva foi vaiado pela torcida do Botafogo. Em 16 de novembro, depois da derrota para o Atlético-GO, por 2 a 1, em pleno Engenhão, o jogador fez sinal para as arquibancadas de que estava deixando o clube. No dia seguinte, Bruno convocou entrevista coletiva e pediu desculpas pela manifestação.

O Botafogo detém 40% dos direitos econômicos de Bruno Silva. O restante pertence à Ponte Preta. Outro interessado no negócio, o Internacional também propôs uma troca de atletas, mas o clube carioca, a princípio, rechaçou os nomes oferecidos.

Fonte: Superesportes