O Botafogo pode ter vivido altos e baixos na Série B do Campeonato Brasileiro, mas sempre se postou como favorito ao acesso. Mas mesmo com a boa campanha – hoje, segue na liderança -, o Glorioso não tem conquistado bons públicos. Vide o jogo contra o Criciúma, na última terça-feira, pela 15ª rodada (4.733) – apenas o quinto maior da rodada. Aliás, segundo levantamento do Sr. Goool, o clube carioca é mais requisitado quando atua como visitante do que em sua posição de mandante.

Praticamente todos os clubes que atuaram em casa contra o Fogão conseguiram seu maior público no segundo escalão nacional. No último sábado, por exemplo, o Botafogo esteve na Arena Fonte Nova, em Salvador, e participou do maior público do Bahia na Série B – 31.398 pagantes. O Tricolor baiano é recordista de público na competição (18.907).

O Macaé foi outro que aproveitou a visitinha do Botafogo. O clube fluminense bateu o rival carioca diante de 4.828 apaixonados. Para se ter uma ideia, a média de público do Macaé é de apenas 2.476 fãs. O Glorioso ainda fez sucesso no interior paulista. O Oeste recebeu 1.219 fanáticos em seu maior público na Série B.

No mesmo Estado de São Paulo, o Bragantino contou com 1.356 pagantes contra o Botafogo. Este é o único público do Braga acima de mil testemunhas. O Atlético Goianiense, por sua vez, tem média modesta de 1.845 torcedores no segundo escalão nacional. Mas contra o Botafogo o público subiu para 7.822 pagantes. Até o lanterna Ceará se beneficiou com a visita dos cariocas (37.692) – maior público da Série B.

As únicas exceções foram Paysandu e Paraná. A dupla até teve bons públicos contra o Fogão, mas não foram os melhores de suas campanhas. O Papão recebeu 18.356 bicolores contra o rival do Rio de Janeiro, na estreia da Série B. Este é o quarto maior público dos paraenses. Já o Paraná teve público de 3.220 apaixonados contra o Glorioso, seu terceiro melhor público.

Mas realidade é outra quando o Botafogo vê os próprios públicos na Série B. Para começar, o clube carioca amarga a modesta 8ª posição no ranking de pagantes com média de 7.104 torcedores. Em sete jogos ao lado da torcida, o Fogão sequer levou 50 mil apaixonados aos estádios (49.727). Sem falar que o maior público do clube carioca é de 10.600 torcedores contra o CRB. Este, por sinal, é o único público do Bota acima de dez mil fãs. O pior aconteceu contra o Boa Esporte – apenas 4.442 torcedores.

Botafogo
O baixo público do Botafogo na Série B fica ainda mais evidente ao analisar a média geral do clube na temporada 2015 (10.908). Até mesmo durante o Campeonato Carioca o Botafogo conseguiu públicos mais expressivos do que em relação a Série B. Os maiores aconteceram em clássicos. O melhor foi diante do Vasco (58.446). Realidade bem diferente da enfrentada ao longo da caminhada pelo acesso. Cadê a torcida?

Fonte: Sr. Goool