Com Jefferson na Seleção Brasileira, quem assumiu a função de capitão do Botafogo contra o Luverdense foi o zagueiro Renan Fonseca. Único jogador presente em todas as partidas do Glorioso na Série B, o defensor contou a saga alvinegra até conseguir o objetivo de retornar à elite e definiu numa palavra o que foi a luta.

– A palavra correta é merecimento. Renunciamos a muita coisa, superamos muita coisa, tinha muita desconfiança. Foi muito trabalho, entrgea, é um grupo solidário, de guerreiros. Agora é comemorar um pouco. Conseguimos o principal objetivo, mas ao mesmo tempo já vem a cobrança do título. Vamos descansar, depois trabalhar e pensar no título – disse ao SporTV.

Depois de todo o returno pendurado, o zagueiro recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Luverdense e terá de cumprir suspensão contra o Santa Cruz, sábado, no Estádio Nilton Santos. Será o primeiro jogo do Botafogo na Série B sem Renan Fonseca.

– Sempre entro em campo para fazer meu melhor, independente dessa questão de cartão. Mas ali tive de parar a jogada e recebi o cartão. Joguei as 35 partidas e estou saindo com o time na Série A. É descansar no jogo contra o Santa Cruz e depois voltar para os dois jogos finais e brigar pelo título – afirmou Renan Fonseca à Rádio Tupi.

Fonte: Redação FogãoNET