Em julgamento ocorrido na tarde desta quarta-feira (16), o jogador Willian Arão recebeu ganho de causa no imbróglio judicial que tinha com o Botafogo.

O jogador não aceitou renovar contrato com o alvinegro e se transferiu para o Flamengo. De acordo com uma cláusula do contrato, caso o Glorioso depositasse o dinheiro, o contrato seria renovado. Porém, o jogador, que possuía salários atrasados, devolveu o dinheiro e assinou com o rival, Flamengo.

Desde então, o fato sendo tratado na Justiça. E em primeira instância, o clube perdeu a primeira. Agora, o clube de General Severiano recorrerá ao TRT e segue confiante que, tudo será resolvido, no TST, em Brasília.

Fonte: Super Rádio Tupi