Contratação mais badalada da gestão Mauricio Assumpção, Seedorf não contou com a aprovação do atual presidente, Carlos Eduardo Pereira. Em entrevista ao “Sportv”, o mandatário questionou o alto custo do holandês e fez uma comparação com Loco Abreu.

– Sobre Seedorf, até já me manifestei e fui mal-interpretado quando disse que foi contratação capenga. Foi capenga porque trouxe grande jogador e grande valor, extremamente caro, mas não trouxe qualquer plano de marketing agregado a ele que produzisse receitas para o Botafogo. Foi importante como imagem, mas não criou vínculos com o Botafogo. Se comparar, Loco Abreu foi um ídolo da torcida do Botafogo, Seedorf um grande jogador – alfinetou Carlos Eduardo Pereira.

Fonte: Redação FogãoNET