A Série A é o meu lugar! O Botafogo conquistou na tarde desta quinta-feira a terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro ao derrotar a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó, e praticamente assegurou a permanência na Série A do ano que vem. Com 44 pontos e na 11ª colocação, o Glorioso hoje está mais perto da zona da Libertadores (6 pontos de distância para o Atlético-MG, sexto) do que da zona de rebaixamento (a própria Chape é a primeira do Z-4, com 37), faltando quatro rodadas para o fim.

O primeiro tempo foi de dar sono. O Botafogo teve mais a posse de bola do que a Chapecoense, mas pecava no último passe. A única chance apareceu aos 20 minutos: Leo Valencia enfiou para Marcinho na direita, o lateral cruzou e Erik chegou batendo de primeira, pegando mal na bola. Com a necessidade urgente da vitória, a Chape também não produziu muita coisa. A bola chegou a balançar a rede no final, com Luiz Fernando, mas o lance foi corretamente invalidado pela equipe de arbitragem.

A Chapecoense mostrou uma leve melhora na etapa final. Elicarlos, aos 11 minutos, e Diego Torres, cobrando falta aos 25, assustaram o goleiro Gatito Fernández. Mas o Botafogo foi eficiente e conseguiu abrir o placar aos 27 minutos: após rápida troca de passes, Leo Valencia serviu Luiz Fernando para fazer 1 a 0. A partir daí a Chapecoense tentou o empate basicamente jogando bolas na área, mas a defesa alvinegra se portou bem e conseguiu segurar um resultado que praticamente garante a permanência na elite do Brasileirão.

Próximos jogos

Agora, restam apenas quatro rodadas para o término do Campeonato Brasileiro. O Botafogo volta a campo no domingo para receber o Internacional, no Estádio Nilton Santos, às 17h. Depois, visita o Santos na Vila Belmiro, no dia 21, enfrenta o lanterninha Paraná novamente no Nilton Santos, dia 25, e fecha sua participação contra o Atlético-MG, no Independência, dia 2 de dezembro.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 0 X 1 BOTAFOGO

Estádio: Arena Condá
Data-Hora: 15/11/2018 – 17h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Renda e público: R$ 255.850,00 / 17.261 presentes
Cartões amarelos: Amaral (CHP); Luiz Fernando e Matheus Fernandes (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Luiz Fernando 27’/2ºT (0-1)

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco (Alan Ruschel 34’/2ºT); Amaral, Elicarlos e Canteros (Diego Torres 24’/2ºT); Doffo (Bruno Silva 16’/2ºT), Wellington Paulista e Leandro Pereira – Técnico: Claudinei Oliveira.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Moisés; Dudu Cearense (Marcelo Benevenuto 35’/2ºT), Matheus Fernandes e Leo Valencia (Renatinho 44’/2ºT); Erik (Rodrigo Pimpão 24’/2ºT), Luiz Fernando e Brenner – Técnico: Zé Ricardo.

Fonte: Redação FogãoNET