O encontro entre as duas melhores equipes do Campeonato Carioca até aqui acontece neste domingo, quando Vasco e Botafogo se encontram em São Januário, pela sétima rodada do torneio. Ambos estão classificados por antecipação para a segunda fase e  cumprem tabela, deixando a rivalidade como grande ingrediente do duelo.

O Botafogo lidera o Grupo B com 18 pontos e está embalado pela vitória de 2 a 0 sobre o Fluminense. Além disso, é o único 100% de aproveitamento do Estadual. Já o Vasco, também com um bom início de temporada, tropeçou na quinta-feira ao ficar no empate por 2 a 2 com o Friburguense. Ainda assim lidera o Grupo A, com 16 pontos.

Os dois treinadores acreditam que o duelo deste domingo vai ser marcado pelo equilíbrio.

“Estarão em campo os dois times de melhor desempenho do Campeonato Carioca e isso indica uma partida equilibrada. Como todo clássico, a tendência é que seja resolvido nos detalhes e a minha expectativa é a de que o Botafogo consiga repetir o bom desempenho visto contra o Fluminense”, afirmou o botafoguense Ricardo Gomes.

“Vasco e Botafogo se classificaram por méritos para a segunda fase e por isso mesmo chegam até aqui sem depender de qualquer resultado. Mas, justamente pelo bom desempenho dos times, a expectativa é de um confronto muito equilibrado”, declarou o técnico Jorginho, do Vasco.

Para não serem surpreendidos, os vascaínos pregam concentração ao longo dos noventa minutos.

“Não podemos cometer erros nesse jogo, pois os clássicos exigem sempre o máximo de atenção dos times e aquele que não consegue manter a concentração acaba derrotado. Nós ganhamos do Flamengo (1 a 0) com um gol que veio no fim, mas a vitória foi construída porque nos mantivemos atentos sempre”, disse o meia Andrezinho.

Se o Vasco pretende manter o nível de concentração em alta, os botafoguenses apostam na repetição da boa exibição contra o Fluminense para vencerem mais um clássico.

“A boa atuação que tivemos contra o Fluminense pode ser um modelo daquilo que temos que apresentar ao longo desta temporada. O Botafogo tem um elenco muito comprometido com o clube e com a sua torcida. Sabemos da necessidade de correr muito em campo para atingir os objetivos e por isso mesmo vamos sempre nos empenhar. Estamos já focados no Vasco”, ressaltou o lateral direito Luís Ricardo.

Em termos de escalação, Jorginho, que preservou parte do time titular contra o Friburguense, pretende voltar à formação original, inclusive com o meia-atacante Nenê, que cumpriu suspensão no meio de semana. A dúvida está na zaga, já que Rodrigo, com lesão no ombro direito, é dúvida. Rafael Vaz está de sobreaviso.

Pelo lado do Botafogo, Ricardo Gomes gostou da atuação do zagueiro argentino Joel Carli contra o Fluminense e vai mantê-lo para não precipitar a volta de Renan Fonseca, se recuperando de lesão na coxa direita.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X BOTAFOGO

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 28 de fevereiro de 2016 (Domingo)
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Daniel do Espírito Santo Parro (RJ)

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo (Rafael Vaz) e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henriqe e Duvir Riascos. Técnico:Jorginho

BOTAFOGO: Jéfferson, Luis Ricardo, Joel Carli, Emerson Santos e Diogo Barbosa; Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Gegê; Luis Henrique e Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes

Fonte: ESPN.com.br