Nada é tão ruim que não possa piorar. Nos próximos dias a diretoria do Botafogo deverá ser notificada de mais uma dívida executada na Justiça. Diz respeito a uma quantia obtida em 2012 junto a um banco que costuma socorrer os clubes na hora do sufoco.

O Glorioso não pagou o dinheiro obtido através do Clube dos Treze e a dívida avaliada em R$ 14 milhões em 2012 se transformou num passivo, hoje estimado em R$ 20 milhões – calculado juros e correções monetárias.Fábio Koff, então presidente da extinta entidade que reunia os principais clubes brasileiros, e Fernando Carvalho, à época presidente do Internacional, assinaram como avalistas.

Goiás e Guarani também não conseguiram honrar suas partes e também estão sendo acionados na Justiça pelos dois avalistas do empréstimo.

Fonte: Coluna do Gilmar Ferreira - Extra