Ficou pronto o laudo de engenharia da OAS para conserto do teto do estádio do Engenhão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, que periga cair com ventos acima de 65 km/h. Ali é o campo oficial do Botafogo. Duas alternativas foram levadas à Prefeitura do Rio – recuperar os arcos com aço especial ou construir uma nova estrutura e fundações. Uma ou outra sacrificará o Fogão: as obras só acabarão em 2015.

Fonte: Coluna do Ricardo Boechat - IstoÉ