O elenco do Botafogo chegará a três meses de salários atrasados nesta quinta-feira, o quinto dia útil de agosto. Este período sem receber, permite que o empregado entre com uma ação na Justiça pedindo a rescisão unilateral do contratato, através de um entendimento jurisprudencial. No entanto, mesmo com essa possibildiade, o zagueiro Bolívar, considerado um dos líderes dos protestos realziados no primeiro semestre durante a Libertadores, garante que deixar o clube não está nos planos dos jogadores.

– Acho difícil. Isso é um fato, todos sabem. Por lei, nós temos esse direito. Mas a preocupação do grupo é tirar o Botafogo dessa situação. E nós também cobramos o nosso direito de receber os salários. Não estamos pedindo nada além. O foco é a preparação para o jogo contra o Atlético-PR. Temos uma semana – frisou.

Sobre a relação entre o time e o presidente Maurício Assumpção, que ficou tensa nos últimos dias com o atacante Emerson chamando a diretoria de incompetente em entrevista ao Jogo Extra, Bolívar preferiu ponderar. Para o camisa 4, o mandatário alvinegro tem se ausentado dos treinos para tentar soluções para o problema dos atrasos nos vencimentos.

– Vocês (jornalistas) são testemunhas de que a gente tem procurado se dedicar nos treinos e nos jogos. E o presidente está buscando soluções. Ele não vir aos treinos não significa que a relação não seja boa. Ele não está aqui como vinha fazendo antes para tentar resolver essa questão. E cabe a nós não perder o foco nos jogos – alertou.

Na manhã desta terça-feira, o elenco alvinegro se reapresentou pela manhã para um treino físico. Quem participou da atividade no Engenhão foi o meia peruano Luis Ramírez. O jogador, que ficará no clube carioca até o fim do ano emprestado pelo Corinthians, deve ser apresentado ainda nesta semana. Ele já feito uma avaliação física na última segunda-feira, e aguarda apenas uma assinatura do termo de empréstimo para se juntar aos novos companheiros.

 

Ramírez foi ao Engenhão na manhã desta terça
Ramírez foi ao Engenhão na manhã desta terça Foto: Eduardo Zobaran

Com 13 pontos, o Botafogo está na 16ª colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, apenas uma acima da zona de rebaixamento. O jogo contra o Atlético-PR, marcado para este domingo, às 16h, na Arena da Baixada, será com portões fechados para a torcida, já que o Furacão ainda cumpre pena por brigas no ano passado em jogo contra o Vasco.

Fonte: Extra Online