Na manhã deste sábado, no Nilton Santos, o Botafogo venceu o Boavista por 2 a 0 em jogo-treino neste período sem jogos. Com um gol de Pimpão no primeiro tempo e Brenner no segundo, o Alvinegro não teve dificuldades, apesar do placar magro.

A partida teve dois tempos de 50 minutos, uma formação diferente em cada etapa e foi aberta ao público. Cerca de 400 botafoguenses compareceram e fizeram uma bonita festa que se estendeu com uma sessão de autógrafos com o volante Airton, fora de combate, operado. O volante Bochecha, liberado pelo DM nesta semana, também recuperado de lesão, ainda não jogou.

Na primeira etapa, o técnico Jair Ventura mandou a campo um time quase todo titular. Lindoso e João Paulo foram desfalques, com dores musculares, além, é claro, de Carli, lesionado, e Gatito, com a seleção paraguaia. Matheus Fernandes foi outra baixa.

Apesar dos desfalques, o Glorioso partiu para cima e Pimpão abriu o placar após cruzamento de Arnaldo. No ataque, uma formação audaciosa com três atacantes: Roger centralizado, Guilherme, um dos destaques, na esquerda, e Pimpão pela direita.

No segundo tempo, o Botafogo trocou o time todo e deu uma desacelerada, mas não o suficiente para o time de Saquarema crescer no jogo. O gol que deu números finais ao placar foi bem parecido com o primeiro: cruzamento de Luis Ricardo e finalização de Brenner. Ficou com uma dúvida na lateral-direita, Jair?

Fonte: Terra