Enquanto alguns chegam, outros podem deixar o clube, como é o caso do apoiador Gegê.

“Tem uma proposta para o Gegê. Vai depender dele. Se ele quiser, deixo ir. Ele precisa jogar. Gosto muito dele, mas temos um número grande de jogadores na posição dele. É bom para ele jogar um pouco. Ele vai crescer muito na carreira”, concluiu René Simões.

Fonte: O Dia Online