O Botafogo visita o Grêmio neste domingo, às 19h (de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), em duelo válido pela estreia das duas equipes no Campeonato Brasileiro 2017. Curiosamente este confronto marcou a despedida de ambos do Brasileirão no ano passado, neste mesmo palco, onde os cariocas ganharam por 1 a 0.

Apesar de estarem envolvidos na disputa da Copa Libertadores, os dois times sabem da importância de se começar bem uma competição tão complicada. No torneio continental, O Tricolor é líder do Grupo 8, com 10 pontos, enquanto o Alvinegro aparece na segunda colocação da chave 1, com 7, três atrás do Barcelona-ECU.

Com a “chave virada” e o foco direcionado na competição nacional, o Grêmio pretende entrar com tudo. A necessidade de um bom começo é fundamental, inclusive, na luta pelo título, mentalidade que o técnico Renato Gaúcho procurou colocar na cabeça dos gremistas.

“Um time como o Grêmio não pode entrar em um Campeonato Brasileiro pensando que pode se consolar apenas com a conquista de uma vaga na Copa Libertadores. Temos que brigar pelo título, como fizemos e conquistamos com a Copa do Brasil do ano passado. Para isso é muito importante começar com um triunfo diante do Botafogo”, disse o goleiro Marcelo Grohe.

Em termos de escalação, o Grêmio segue sem poder contar com o volante Maicon, com dores na perna direita, e com o atacante equatoriano Miller Bolaños, com lesão na coxa direita. Outro problema é o lateral direito Edílson, que cumpre suspensão ainda por conta da confusão que se envolveu no Gre-Nal do ano passado, quando trocou socos com o volante Rodrigo Dourado. Assim, Leonardo Moura assume a vaga na defesa, enquanto que Michel e Gastón Fernández trabalharão na proteção aos zagueiros. No ataque, Lucas Barrios segue, já que se recuperou de fisgada na coxa direita.

A vontade gremista de vencer fez o técnico Jair Ventura alertar os botafoguenses sobre a pressão que eles deverão sofrer. Os atletas alvinegros, porém, se dizem preparados. O Botafogo sabe muito bem o que representa ter que se recuperar ao longo da competição. No ano passado, o Glorioso terminou o primeiro turno na zona de rebaixamento e acabou a competição na zona que o levou para a Copa Libertadores. Os botafoguenses, porém, não querem repetir o “sufoco”.

“O Grêmio vai tentar propor seu estilo de jogo, pois joga em casa e não vai querer que o Botafogo dite o ritmo. Porém, o nosso time tem a capacidade de fazer boas leituras de jogo e ir buscando a vitória nos momentos mais oportunos. Essa inteligência vai ser determinante em um confronto deste porte. Estou confiante de que podemos começar esse Campeonato Brasileiro com a conquista de três pontos”, avisou o goleiro paraguaio Gatito Fernández.

Pelo lado do Botafogo, o zagueiro Emerson Silva, que sofreu uma pancada no joelho direito durante um treino, e o meia argentino Walter Montillo, com dores no joelho direito, ficam de fora e serão preservados. Expulsos na última rodada no ano passado, o volante Aírton e o atacante Sassá podem jogar pois as punições automáticas não passam de um torneio para o outro, mas também devem ficar de fora. Assim, Marcelo deve compor a zaga com Joel Carli, Camilo segue isolado na criação de jogadas e Roger será o companheiro de Rodrigo Pimpão no ataque.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO-RS X BOTAFOGO-RJ

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 14 de maio de 2017 (Domingo)
Horário: 19h(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Neuza Ines Back (Fifa-SC)

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Leonardo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel, Gastón Fernández e Ramiro; Pedro Rocha, Luan e Lucas Barrios
Técnico: Renato Gaúcho

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Emerson Santos, Joel Carli, Marcelo e Víctor Luís; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico: Jair Ventura

Fonte: ESPN.com.br