Depois de garantir seu retorno à série A do Campeonato Brasileiro, o Botafogo estreia no Campeonato Carioca, diante do Bangu. A partida será disputada às 17h (de Brasília), deste sábado, em São Januário, porque o estádio de Moça Bonita ainda não foi liberado para a competição.

O Alvinegro de General Severiano manteve o técnico Ricardo Gomes, mas apresenta uma equipe bastante modificada em relação ao time que disputou a última temporada. O Botafogo também defende uma longa invencibilidade diante do adversário. A última derrota para o Bangu aconteceu em 2003. No último confronto, o Botafogo venceu por 3 a 0.

Durante os treinamentos da semana, a maior preocupação do técnico Ricardo Gomes foi o entrosamento da equipe, muito alterada com a saída de vários jogadores que conquistaram o título do Brasileiro da Série B. Muitos jogadores foram contratados e alguns só devem ter condições legais de entrar no time a partir da segunda rodada, como o zagueiro argentino Joel Carli e o meia boliviano Damián Lizio.

Da defesa, apenas Renan Fonseca continua no clube, enquanto o lateral Luis Ricardo foi deslocado para o meio-campo. A grande novidade é a estreia do meia argentino Gervazio Nuñes, regularizado nesta quinta-feira. Ele será o responsável pela armação das jogadas de ataque e se disse confiante em um bom desempenho na primeira apresentação diante da torcida alvinegra.

No Bangu, o técnico Emanoel Sacramento não esconde sua confiança em um bom desempenho da equipe no jogo de abertura. O treinador acredita que os treinamentos realizados nos últimos dias vão dar resultado. O meia Almir, que defendeu o Flamengo no último Brasileiro, retornou ao clube para ser o maestro da equipe durante a competição.

Nas atividades realizadas durante a semana no Espaço Lonier, em Vargem Pequena, o treinador exigiu muito dos laterais, dando uma demonstração de que o Bangu não pretende assumir uma postura defensiva diante de um adversário poderoso como o Botafogo.

O zagueiro Arthur Sanches, com passagens por Flamengo e Joinville, e o volante Yves, que jogou no Vasco, são outros destaques de um time que promete muita luta para sair com a vitória.

“Precisamos mostrar algo diferente. Como tenho certeza de que o trabalho foi bem feito, nós temos todas as condições de dar uma resposta positiva em nossa estreia”, garantiu Sacramento, treinador da equipe.

FICHA TÉCNICA:
BANGU x BOTAFOGO

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Sábado, 30/01/2016
Horário: 17 horas (Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols
Assistentes: Wagner Santos e Daniel Parro

BANGU: Célio; Barach, Anderson Penna, Arthur Sanches e Guilherme; Mateus Avelar, Magno, Yves, Júnior (Geovane), Daniel e Almir; Geraldo. Técnico: Emanoel Sacramento

BOTAFOGO: Jefferson, Diego, Renan Fonseca, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Lindoso, Gegê, Luis Ricardo (Lucas Zen)e Gervasio Nuñez; Luís Henrique. Técnico:Ricardo Gomes

Fonte: ESPN.com.br