Atual dono da lateral direita do Botafogo, Arnaldo ainda não foi procurado pelo clube para tratar sobre renovação. O jogador está emprestado até o término de dezembro, e o Alvinegro tem até o final deste mês para exercer a prioridade de compra. Entretanto, apesar do prazo apertado, não há maior preocupação por parte da diretoria e do empresário do atleta, Eduardo Madeira.

Em contato à reportagem do Esporte Interativo, o agente de Arnaldo confirmou que ainda não aconteceu nenhuma conversa para ampliação do vínculo, mas mostrou tranquilidade com a situação e garantiu que o desejo do atleta é permanecer no clube carioca.

“Ainda não houve contato. Mas isso não é problema. O Arnaldo está muito feliz no Botafogo e quer ficar. Nossa relação com a diretoria (do Botafogo) é muito boa. Eles sempre cumprem o contrato. Estamos tranquilos, isso não precisa nem de reunião, é apenas depositar. O nosso desejo é continuar”, disse.

De acordo com publicação do Globo Esporte, o Botafogo terá que pagar R$ 300 mil para ampliar o vínculo por dois anos. O empresário Eduardo Madeira não confirmou a quantia e afirmou que os valores são questões contratuais que não podem ser divulgadas. O que o agente garantiu é que não há outro clube na disputa por Arnaldo.

“Não recebi contato de outro clube não. E também não conversaria com outro clube enquanto o Arnaldo estiver contrato com o Botafogo”, completou.

Aos 25 anos, Arnaldo vive o melhor momento da carreira. Com a camisa do Botafogo, o lateral direito disputou 17 partidas e ganhou a condição titular no último jogo pelo Campeonato Brasileiro, contra o Bahia, quando começou jogando e deixou Luis Ricardo entre os suplentes. O jogador está cotado para começar jogando o clássico contra o Flamengo e o duelo contra o Grêmio, pela Libertadores, no dias 10 e 13 de setembro, respectivamente.

Fonte: Esporte Interativo