Depois de ter acordado prorrogar o vínculo com a Topper até o fim de 2019, o Botafogo pode mudar de fornecedor de material esportivo em 2020. De acordo com o site Globoesporte.com, existe a possibilidade de a Umbro voltar a fabricar os uniformes do clube.

A Umbro seria uma alternativa por conta da rescisão unilateral em 2012 com a Fila, do Grupo Dass. Na ocasião, durante a gestão Mauricio Assumpção, o clube rompeu o contrato para assinar com a Puma e acabou sendo alvo de ação na justiça cobrando R$ 16 milhões pela quebra do acordo.

A atual diretoria do Botafogo vem costurando um acordo sobre esse processo, e como parte disso a Umbro pode voltar a fabricar os uniformes. A marca foi a fornecedora do Alvinegro em 1989, na conquista do título carioca que encerrou um jejum de 21 anos, 1991 e 1992 (ano do vice-campeonato brasileiro).

Fonte: Globoesporte.com