Em reunião do Conselho Deliberativo nesta terça-feira, o Botafogo decidiu aceitar o leilão de um imóvel de 650 metros quadrados do 33º andar do Edifício Santos Dumont, localizado no Centro do Rio, a fim de usar a verba a que tiver direito para abater outras dívidas. Foram 62 votos a favor e 28 contra.

O imóvel foi a leilão após a diretoria deixar de honrar um acordo de 2011 de renegociação de débitos com o condomínio, restando uma dívida de R$ 865 mil. A atual diretoria não vê vantagem em retomar o imóvel pelo fato de gerar pouca receita com aluguéis e porque ele está penhorado pela Receita Federal pelos próximos 20 anos, impossibilitando a venda nesse período.

O presidente Carlos Eduardo Pereira justificou a quebra do acordo para usar a verba para sanar os atrasados fiscais e obter as Certidões Negativas de Débito (CNDs). A Justiça marcou para a próxima terça-feira o leilão dos apartamentos.

Fonte: Globoesporte.com