Gegê abriu o placar de cabeça (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)Gegê abriu o placar de cabeça (FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

O Botafogo continua com 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca. No primeiro grande teste da temporada, o Glorioso derrotou o Fluminense por 2 a 0 nesta quarta-feira, no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), e garantiu a classificação antecipada para a segunda fase. Foi a sexta vitória em seis jogos sobre clubes pequenos na competição.

Com Núñez barrado e Ribamar fazendo companhia a Luis Henrique na frente, o Botafogo foi um time muito mais ligado e impetuoso. Diante de um adversário apático, o Glorioso começou a construir a vitória aos seis minutos: Diogo Barbosa cruzou da esquerda e Gegê, de cabeça, abriu o placar. Aos 23, o gol saiu do outro lado: Luis Ricardo cruzou da direita e Ribamar pegou de primeira, marcando um belo gol.

O Fluminense teve mais posse de bola e tentou pressionar, mas o Botafogo mostrou muita aplicação tática e uma marcação firme, principalmente no segundo tempo. Substituto de Renan Fonseca, Joel Carli foi soberano pelo alto e o garoto Emerson também foi muito bem. Teve até grito de “olé” dos alvinegros em Cariacica! Agora, o Fogão volta a campo no domingo para outro clássico, contra o também já classificado Vasco, às 19h, em São Januário.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 0 FLUMINENSE

Local: Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES)
Data-Hora: 24/2/2016 – 21h45
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Renda e público: R$ 591.720,00 / 9.838 pagantes / 11.338 presentes
Cartões amarelos: Ribamar, Bruno Silva e Carli (BOT); Pierre e Gerson (FLU)
Cartões vermelhos:
Gols: Gegê 6’/1ºT (1-0), Ribamar 23’/1ºT (2-0)

BOTAFOGO: Jefferson; Luis Ricardo, Emerson, Carli e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Airton, Bruno Silva e Gegê (Salgueiro 31’/2ºT); Ribamar e Luis Henrique (Neilton 21’/2ºT) – Técnico: Ricardo Gomes.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Henrique, Renato Chaves e Gustavo Scarpa; Pierre (Edson 20’/2ºT), Douglas (Gerson 35’/1ºT), Cícero e Diego Souza; Osvaldo (Felipe Amorim – Intervalo) e Fred – Técnico: Eduardo Baptista.

Fonte: Redação FogãoNET