O Corinthians liberou o atacante Emerson Sheik dos treinos de segunda e terça para que ele possa resolver seu futuro. Pretendido pelo Botafogo, o jogador está perto de mudar-se para o Rio de Janeiro novamente, pelo menos até o fim do ano.

Será a terceira ausência consecutiva de Emerson, que no último sábado também havia sido liberado pela direção alvinegra. O Sheik, que não está nos planos de Mano Menezes, sequer trabalha com bola há uma semana e meia.

Emerson iria a General Severiano por empréstimo, com metade dos salários pagos pelo Corinthians – cerca de R$ 250 mil. No momento, o que trava a negociação é a escolha das garantias que serão oferecidas pelo Botafogo.

“Os dois departamentos jurídicos passaram o dia trocando minutas de contrato. Estamos aguardando a garantia financeira do pagamento que o Botafogo tem de oferecer para que a gente possa fechar o negócio”, explicou Ronaldo Ximenes.

Emerson, na verdade, será mantido na folha salarial do Corinthians e receberá do Botafogo os R$ 250 mil mensais que vai economizar. Por isso, é o próprio clube do Parque São Jorge quem está interessado na garantia financeira.

No fim da semana passada, o Botafogo chegou a dizer ao Corinthians que tinha conseguido os documentos. Em cima da hora, porém, recuaram. A expectativa de todos os envolvidos, porém, é de que tudo seja confirmado em breve.

Fonte: UOL