Se Keisuke Honda não foi inscrito a tempo pelas burocracias que envolvem a FERJ e o visto internacional de trabalho, o Botafogo deve contar com Gabriel Cortez para a Taça Rio. Já regularizado e em dia com toda a documentação necessária, é provável que o equatoriano apareça com frequência no time de Paulo Autuori nas partidas do segundo turno do Campeonato Carioca.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

O treinador, inclusive, gostou do que o equatoriano mostrou desde que chegou ao Estádio Nilton Santos. Além de impressionar o novo comandante, Gabriel Cortez, consequentemente, se aproxima de estrear oficialmente pelo clube de General Severiano.

Paulo Autuori trabalhava com a possibilidade de utilizar Gabriel Cortez como titular diante do Náutico, na quarta-feira da última semana, no Aflitos, pela segunda fase da Copa do Brasil. O equatoriano, contudo, não foi regularizado a tempo e ficou de fora do duelo. De qualquer forma, o treinador trabalhou com uma variação tática envolvendo a entrada do equatoriano no onze inicial.Diante do Timbu, Gabriel Cortez iniciaria, se tivesse condições burocráticas, como ponta direita, posição que Paulo Autuori havia testado durante aquela semana. Vale ressaltar que o jogador de 24 anos também pode atuar pela faixa central, como um meia-atacante.

O equatoriano participou do jogo-treino contra o Madureira, na última quarta-feira, no campo anexo do Estádio Nilton Santos, como titular. Treinando desde a segunda semana de fevereiro, Cortez tem condições físicas para entrar em campo – vale ressaltar que a falta de ritmo pode limitar o estrangeiro a não participar de um duelo por completo.

O fato é que as atuações de Cortez impressionaram Paulo Autuori e a comissão técnica do Botafogo. O equatoriano chegou ao Rio de Janeiro com vontade e isto, é claro, reforça a disputa pelas posições ofensivas no time titular.

Fonte: Terra