O Cruzeiro está interessado no lateral direito Marcinho, do Botafogo. Para tirar o garoto de 22 anos de General Severiano, a diretoria celeste está disposta a pagar uma quantia de R$ 5 milhões ao clube alvinegro.

Marcinho foi revelado na base do Botafogo e é sobrinho do técnico Oswaldo de Oliveira. Promovido ao time principal em 2018, o jovem terminou o Campeonato Carioca chamando atenção pelas assistências dentro de campo. No início do Brasileirão, Marcinho chegou a ser vaiado por causa de problemas na marcação e atuações defensivas aquém do esperado. Mesmo assim, foi lembrado pelo técnico Tite, que alegou estar observando o atleta para eventuais convocações no futuro.

Após um período no banco de reservas, Marcinho retomou a condição de titular na reta final do Brasileiro. Desta vez, se firmou no time e apresentou melhora significativa em seu rendimento, o que o credenciou a ser o titular do setor na próxima temporada.

O final de ano animador valorizou o atleta e chamou a atenção de outros clubes, que sondaram a situação do lateral. Além de consultas de fora do país, o Botafogo também foi procurado por pelo menos três grandes do Brasil. Internacional e Cruzeiro seriam dois deles.

A intenção do Cruzeiro é de levar Marcinho em definitivo. Porém, a intenção da cúpula celeste é de parcelar esse valor de R$ 5 milhões. Hoje, a lateral direita é um dos setores que a Raposa quer se reforçar para 2019. Além da posição, o clube também procura outros três nomes para a lateral esquerda, outro para o meio-campo e um atacante veloz que atue pelos lados do campo.

Fonte: UOL