De volta ao Ato Trabalhista, Botafogo evita as penhoras

Compartilhe:

O Botafogo informou, por meio de seu site oficial, que o clube foi reintegrado ao Ato Trabalhista. Isso significa que o Glorioso não corre mais o risco, mesmo que temporariamente, de ter grandes receitas penhoradas na Justiça do Trabalho. A decisão foi anunciada graças a um efeito suspensivo concedido pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho do estado do Rio de Janeiro (TRT-Rio), Carlos Alberto Araujo Drummond. O magistrado considerou que a exclusão do Ato oferecia risco de graves prejuízos ao Alvinegro.

O clube havia sido excluído do Ato Trabalhista no dia 31 de julho, mas recorreu da decisão. Através do site oficial, o Botafogo comunicou ‘não ter descumprido o Ato Trabalhista, muito menos ter praticado qualquer fraude, apesar de todas as dificuldades econômico-financeiras que vem passando’.

O recurso do Botafogo ainda será julgado, mas, até lá, o clube, permanece no Ato Trabalhista. O acordo visa proteger o clube de penhoras desde que repasse 20% da receita aos cofres públicos mensalmente.



Fonte: Lancenet!
Comentários