No último fim de semana, Palmeiras e Santos se enfrentaram pela primeira partida da decisão do Paulistão Itaipava 2015. Mas o que era para ser o ápice do torneio não teve toda essa representatividade na audiência da televisão aberta. Considerando todos os clássicos exibidos em São Paulo, esse foi quem apresentou o pior Ibope.

Palmeiras e Santos tiveram uma audiência acima da média do torneio estadual. Foram 27 pontos de média para a partida, com a Globo registrando 22 pontos e a Bandeirantes cinco pontos.

Esse foi o sétimo clássico transmitido para São Paulo neste ano e, nessa contagem, a final do Paulistão não vai bem. Apenas uma partida teve menos Ibope que Palmeiras x Santos, e foi justamente o duelo entre os dois times pela primeira fase do torneio.

Palmeiras x Corinthians pela primeira fase também ficou com 27 pontos de média. A diferença, nesse caso, é o share, que ficou em 55%, contra 52% no último domingo. Ou seja, durante a decisão do torneio havia mais gente ligada em televisões.

Houve também um oitavo clássico, entre Santos e São Paulo. No entanto, essa partida foi exibida apenas pela Bandeirantes, já que a Globo exibiu Once Caldas e Corinthians, pela Libertadores, no mesmo horário.

Até o momento, três clássicos passaram dos 30 pontos de média, mas dois deles foram pela Copa Bridgestone Libertadores. As duas partidas entre Corinthians e São Paulo ficaram com 33 e 32 pontos de média. No Paulistão, o melhor índice até o momento foi atingido por Corinthians e Palmeiras na semifinal, com 31 pontos de média.

Em comparação, no Rio de Janeiro o cenário foi diferente. Mesmo sem a presença do Flamengo, que conta com a maior torcida da cidade, a decisão entre Vasco e Botafogo teve a maior audiência do Campeonato Carioca deste ano. Foram 30 pontos de média, com 54% de participação nas televisões ligadas.

Cada ponto no Ibope equivale a 67.113 domicílios sintonizados em São Paulo e 42.292 no Rio de Janeiro, ambos apenas nas regiões metropolitanas, referências para o mercado publicitário.

Fonte: Máquina do Esporte - UOL