Departamento médico não queria Seedorf contra o Goiás

Compartilhe:

Confirmado nos últimos minutos antes da partida contra o Goiás, sábado, Seedorf teve atuação discreta no empate de 1 a 1. O holandês era dúvida para o duelo contra o Esmeraldino por conta de uma fadiga muscular. O LANCE!Net apurou que a participação do craque no jogo foi motivo de discórdia entre o departamento médico e a comissão técnica.

O desentendimento teria sido embaraçoso. Até mesmo a assessoria do clube admitiu que houve uma discussão entre as partes envolvidas. Poupado por decisão do departamento médico no empate em 2 a 2 com o Atlético Mineiro na quarta-feira passada, Seedorf participou de poucas atividades físicas após o jogo contra o Galo. Porém, a comissão técnica entendeu que o jogador tinha condições de jogo contra o Goiás, apesar do grande desgaste físico durante a semana.

Dias antes de sentir a fadiga, Seedorf foi perguntado sobre a possibilidade de ser poupado em algumas partidas no Campeonato Brasileiro. O holandês riu e respondeu que ele e todo o elenco deveriam passar por um revezamento natural, tendo em vista a grande quantidade de jogos.

A escalação de Seedorf contra o Internacional, na próxima quinta, às 21h, no Maracanã, ainda não foi confirmada pelo clube.

Teste no vestiário

Minutos antes da partida contra o Goiás ter início, Seedorf fez testes físicos no vestiário para verificar se seria capaz de entrar em campo. No jogo, o craque parecia receoso com as arrancadas, e jogou um pouco mais recuado do que de costume.



Fonte: Lancenet!
Comentários