Devido a taxas, Botafogo lucrou só R$ 500 mil em Brasília

Compartilhe:

O jogo de melhor público do Botafogo como mandante neste ano, contra o Goiás, no último sábado, não foi o suficiente para ajudar o clube a quitar os salários atrasados. Isso porque, segundo o diretor-executivo do clube, Sérgio Landau, o Alvinegro teve que arcar com muitas despesas, como o aluguel do Estádio Mané Garrincha.

– A renda do jogo foi de quase R$ 1,5 milhão, mas tivemos muitas despesas. Foram gastos com hotel, aluguel do estádio, a taxa da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, entre outras coisas. Ficamos apenas com cerca de R$ 500 mil – revelou o dirigente.

Além dos gastos em Brasília, o Botafogo ainda teve parte da renda líquida penhorada, de acordo com o borderô divulgado no site oficial do clube.

O público de 23.322 pagantes no empate com o Esmeraldino foi considerado bom para a diretoria alvinegra. No entanto, dias antes do jogo, o presidente do Glorioso, Mauricio Assumpção, disse que a expectativa era de um público de 50 mil pessoas.

– A torcida do Botafogo compareceu bem. O que houve foi um erro de avaliação, ao acharmos que a torcida do Goiás também compareceria em bom número, mas não foi o que aconteceu. Também tivemos a informação de que uma micareta no dia do jogo poderia retirar boa parte do público interessado na partida – explicou Sérgio Landau.



Fonte: Lancenet!
Comentários