Diretoria do Botafogo espera anunciar novo patrocinador master em novembro

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Desde a saída da Guaraviton, antiga patrocinadora Master, a diretoria do Botafogo vem se esforçando para conseguir um novo patrocinador devido à crise financeira que afeta o Brasil. O Alvinegro vem mantendo conversas com quatro empresas interessadas em estampar a marca no clube. Segundo Klay Salgado, diretor comercial do Botafogo, o objetivo é anunciar até meados de novembro o patrocínio Master para a temporada de 2016. O dirigente concedeu uma exclusiva à reportagem da Super Rádio Tupi falando sobre a

“Realmente, estamos numa batalha para tentar fechar de dois a três patrocínios para o ano que vem. Espero que a gente consiga concretizar isso até meados de novembro para oferecermos como presente de natal à torcida do Botafogo. A economia está atrapalhando bastante, mas estamos mantendo conversas bem interessantes com algumas empresas e acho que iremos definir isso até novembro”, afirmou.

Durante a atual temporada, a diretoria do Botafogo teve como estratégia a utilização dos patrocínios pontuais, o que foi um sucesso. A primeira vez foi na disputa do Campeonato Carioca. A ação, de acordo com Klay, será mantida para o ano que vem.

“Estamos estudando várias possibilidades. O patrocínio pontual vai continuar. Ele é necessário para ajudar o clube. Não é uma coisa passageira. Nós, do Botafogo, vamos reservar algum espaço na camisa para o patrocínio pontual. Mas enxergando isso com a possibilidade de trazer novos parceiros para o futebol e para o Botafogo. Isso é uma prática de todo mundo e nós vamos explorar, com toda certeza, esses patrocínios pontuais para 2016”, disse.

A estimativa financeira de ganho com os patrocinadores para 2016 foi um assunto que o dirigente optou por não revelar. Klay afirmou que especular algo neste momento pode atrapalhar certas negociações em andamento.

“Nós temos uma meta a atingir, mas eu gostaria de não falar nisso nesse momento, em função de poder atrapalhar negociações em andamento. Por enquanto, vamos manter em sigilo. Depois, se fecharmos algum patrocínio, vamos divulgar caso a caso. Aí, todos irão saber o quanto arrecadamos com o patrocínios”, comentou.

Em 2016, a casa do Alvinegro voltará a ser o Caio Martins, em Niterói, já que o Nilton Santos vai estar cedido ao COI (Comitê Olímpico Internacional) graças à disputa das Olimpíadas no Rio de Janeiro. Klay Salgado revelou que o clube pretende explorar os investimentos no estádio.

“O estádio Nilton Santos vai ficar com a Prefeitura até outubro do ano que vem. Então, estamos descartando qualquer negócio pelo Nilton Santos para 2016. Estamos entrando firme na arrecadação de recursos para o Caio Martins. Lá, vamos negociar placas, espaços e, quem sabe, até o naming rights por um ano. Afinal de contas, ali será feito a maioria dos jogos do Botafogo para 2016. Ainda teremos a possibilidade de explorar a venda de bebidas. Nesta semana, certamente, nosso governador irá assinar a liberação. Isso será mais uma fonte de recursos para o clube em 2016”, falou.

O dirigente não deixou de falar da importância do projeto sócio-torcedor. Atualmente, o clube possui entre 14 e 15 mil sócios-torcedores e espera um aumento significativo com a volta à elite nacional.

“Com certeza foi e está sendo importante a arrecadação de sócios-torcedores em 2015. Certamente, aumentará em 2016, com a volta do Botafogo à Série A. Isso trará, com certeza, novos sócios-torcedores. A torcida precisa entender e ajudar. O clube irá precisar dos sócios como fonte de arrecadação importante para 2016”, revela.

O Botafogo é líder isolado da Série B com 56 pontos, quatro a mais que o Vitória, e está próximo de confirmar o retorno. O time volta a campo no dia 20 contra o Ceará, no Engenhão, às 21h.

Notícias relacionadas