O processo de customização do estádio Olímpico Nílton Santos está em fase final. Nos próximos dias, o processo de pintura do estádio nos cores do Botafogo, adesivação das cadeiras com nomes de torcedores além de outras melhorias visando a entrega do local no dia 25, quando a Seleção Brasileira enfrenta a Colômbia em amistoso.

Anderson Simões, vice-presidente botafoguense do setor de estádios, prevê que as melhorias e reformas no Engenhão irão ajudar o time a fazer do estádio a sua casa e aproximar a torcida do local.

“Estará cheio de surpresa aí para a galera. Nosso gramado está lindo, padrão europeu, inclusive com detalhes novos no corte da grama, vai ficar igual ao campo do Real Madrid (Santiago Bernabeu). Vai ficar muito legal e no dia 25 o estádio ficará pronto. O Botafogo tem casa e está mais provado que nossa casa é o Nilton Santos. Quando o adversário entrar aqui, ele vai ter certeza que está jogando contra o Botafogo. Não é estádio de todos, é do Botafogo”, disse Simões ao Globoesporte.com

E até sobrou uma leve provocação ao Flamengo e a história do ‘cheirinho’ no Campeonato Brasileiro de 2016 quando o dirigente do Glorioso comentou sobre os passos finais das obras para adequar o estádio para a volta do clube.

“Agora é perfumaria, né? É acabamento. O pessoal gosta de falar muito essa coisa de ‘perfume’, Como a gente tem estádio, a gente pode personalizar, customizar e deixar com cheirinho de novo”, brincou.

Fonte: Torcedores.com