A derrota de virada para o Flamengo, por 2 a 1, no sábado, fez o Botafogo chegar ao terceiro jogo sem vitória na atual temporada e deixa o alvinegro em situação delicada na busca para tentar uma vaga nas semifinais da Taça Guanabara.

Lanterna de seu com apenas um ponto, o time de General Severiano precisa vencer o próximo compromisso, contra o Resende, quinta-feira, no Engenhão, e torcer por uma derrota do Boavista para o Flamengo, no Maracanã. Assim, decidirá a vaga na última rodada contra o time de Saquarema, que tem seis pontos, fora de casa. Se não bastasse, o Botafogo ainda tem que torcer para que Cabofriense e Bangu sofram uma derrota duas últimas rodadas.

Ao final da partida, o técnico Zé Ricardo demonstrou insatisfação com o desempenho de seus comandados e indicou que terá bastante trabalho para ajustar o time durante a semana.

— A gente tem que melhorar em todos os aspectos. Não estou satisfeito taticamente e, tecnicamente, temos que melhorar. Não tem essa de apontar um erro apenas, até porque o futebol está muito mais voltado para a integridade em todos os aspectos. Temos que vencer nossas últimas duas partidas — afirmou.

Apesar da má fase, um jogador mereceu elogios contidos do treinador: o lateral Jonatan, de 20 anos, substituído a 15 minutos do fim.

— Jonathan teve cãibra nas duas pernas. Natural, é garoto, cheio de energia. Tem até a ansiedade do clássico e isso influencia. Até lá vinha muito bem. Tenho certeza que tem muito a evoluir, mas já tem algo realizado — concluiu.

Fonte: Extra Online