Novo técnico do Botafogo, Eduardo Húngaro foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira, em General Severiano. Ao lado do presidente Mauricio Assumpção, ele confirmou que montará dois times em 2014, um para  a Libertadores, outro para o Estadual, se disse orgulhoso e não fugiu de qualquer pergunta.

O Lancenet! fez tempo real da entrevista coletiva. Veja abaixo:

17:18 Eduardo Hungaro fala as primeiras palavras como técnico do Botafogo: “Tenho orgulho de defender as cores desse grande clube do futebol brasileiro. Espero ter um 2014 de muitas vitórias e conquistas, atendendo os anseios da torcida botafoguense”.

17:19 No ano passado, o elenco salientava a força do grupo para conquistar vitórias. Eduardo Hungaro comentou isto: “Temos a exata dimensão do que é o Botafogo. Essa é uma vantagem que eu tenho. Conheço o clube e sei da grandeza. Sei quem são jogadores e quem é que trabalha aqui dentro. Temos um grande ambiente e ele será mantido.” 

17:23 O Botafogo realmente utilizará duas equipes no ano que vem. Uma para o Carioca e outra para a Libertadores: “Vamos ter duas equipes. Uma equipe jogará a Libertadores e outra para o Estadual. Isso está decidido. O Carioca é importante, mas hoje no Botafogo só se pensa no Botafogo e no Deportivo Quito”, disse Hungaro. 

17:23 Confiante, Eduardo Hungaro promete sucesso no Botafogo: “A coragem da direção tem de ser acompanhada pelo treinador. É a oportunidade da minha vida e eu farei jus à essa oportunidade.”

17:26 Eduardo Hungaro lembrou do grande trabalho da base: “Não podemos perder o mais valioso dessa direção. Eu só estou aqui porque a direção olhava muito para a categoria de base. Daniel e Sidnei subirão para a próxima temporada”.

17:30 “Seedorf é um senhor do futebol. Ele precisa ser respeitado. Tenho uma ótima relação com ele”.

17:31 “O homem não se pode autodefinir, quem define isso são as nossas atitudes. Vou tentar mostrar para a torcida que sou o cara certo”, afirmou Hungaro sobre a cobrança da torcida. 

17:32 “O torcedor é a coisa mais importante do clube, mas não posso me influenciar por eles. Tenho opiniões fortes e vou seguir com elas sempre.” 

17:32 “Acho natural que a torcida pedisse um medalhão. Quem vem da base sempre é questionado, mas com o tempo e com resultados essa aparente desconfiança vai mudando pouco a pouco. O Oswaldo é um irmão que fiz no futebol, aprendi demais com ele.”

17:33 “Alguns jogadores mostraram apoio para mim, mas o que mais me tocou foi a manifestação do Oswaldo. Desejo a ele muitas felicidades e vitórias, é um grande mestre. Aprendi demais.” 

17:34 “Nós temos a questão do calendário no Brasileiro e no dia 29 já temos um jogo. Que é o que vai nos classificar. Pode ser que não haja tempo para que mudemos o esquema. Há uma rotina de jogos instaurados em três anos”.

17:36 Perguntado sobre a decisão do dia 29, Hungaro responde com clareza: “Tenho total noção da expectativa para esse jogo. Será extremamente importante e já deu para pensar nisso”.

17:38 O treinador concluiu com uma revelação: “Não sei se ficarei no banco em todos os jogos do Carioca. Se as datas conflitarem, quem vai para o banco é o auxiliar”.

17:39 Termina assim a coletiva de Eduardo Hungaro, novo treinador do Botafogo. Ele mostrou confiança e não tremeu em nenhuma pergunta. No que depender do que ele aparentou, o Glorioso está bem servido de treinador para a Libertadores!

Fonte: Redação FogãoNET