Em busca da virada no campo, Bruno Mendes encara audiência judicial

Compartilhe:

O atacante Bruno Mendes segue em busca de sua recuperação no campo com a camisa do Botafogo em seu últimos dois meses de contrato com o clube. No entanto, nesta segunda-feira, sua briga será novamente fora de campo quando enfrentará mais uma vez uma audiência judicial em seu complicado processo de saída do Guarani.

O processo, desta vez, é contra o Macaé, clube com o qual Bruno Mendes foi vinculado depois de ser comprado pelo grupo HAZ Sports junto ao Guarani. Depois disso, acabou sendo emprestado em setembro do ano passado ao Botafogo até o fim de 2013.

Bruno Mendes treino Botafogo engenhão (Foto: Satiro Sodré / SSPress)
Bruno Mendes segue tentando recuperar seu espaço no ataque do Botafogo (Foto: Satiro Sodré / SSPress)

Na ação que corre na 1ª Vara do Trabalho de Macaé, Bruno Mendes pede a rescisão do seu contrato com o Macaé, que vai até setembro de 2017. A alegação principal é de quebra de confiança, fruto de uma procuração entregue a advogados que defendem o clube, a qual o jogador diz não ter assinado.

Bruno Mendes também move uma ação para receber o dinheiro ao qual diz ter direito. Na época da negociação, o jogador afirma ter ficado com R$ 300 mil. Mas alega que na época era dono de 40% de seus dinheiros econômicos, o que resultaria em mais R$ 2.522.751,32, valor da ação, que tramita em Campinas e tem audiência marcada para 20 de fevereiro de 2014.

Nesse período, Bruno Mendes mudou de empresário. Ele deixou Gustavo Arribas, sócio do HAZ, e agora tem a carreira gerenciada por Juan Figer. Os dois parecem estar próximos de um entendimento para que as ações sejam retiradas da Justiça.

Surpresa na reta final do Campeonato Brasileiro de 2012, Bruno Mendes chegou a ter seu contrato com o Botafogo suspenso no fim do ano passado. Uma ação movida por Andrei contra o Guarani acabou anulando a negociação com o grupo HAZ Sports. Um acordo foi feito para que ele pudesse voltar a jogar em fevereiro deste ano.

Os direitos econômicos de Bruno Mendes foram penhorados também em outros processos, como o movido por Mauro Roselli, ex-funcionário do Guarani. Ele segue em curso e o jogador, inclusive, correu o risco de voltar ao clube paulista no dia 29 de agosto pelo não pagamento dos valores devidos.

Em campo, Bruno Mendes tem sofrido. Este ano, ele disputou 20 jogos, sendo 11 deles como titular. Marcou apenas dois gols e perdeu espaço para jogadores como Elias, Henrique, Sassá e Alex. Nos últimos coletivos, treinou entre os reservas e até teve bom rendimento.

O Botafogo ainda não sabe se tentará a renovação de seu contrato. Durante o Campeonato Brasileiro, chegou-se a cogitar seu empréstimo para Náutico ou Criciúma, algo que acabou não se concretizando. O jogador tem apenas 19 anos de idade.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários