A manhã de quarta-feira foi reservada por Willian Arão para comparecer à Justiça. O volante do Flamengo tinha audiência marcada para audiência de instrução com o Botafogo, mas novamente não houve acordo entre as partes.

O clube de General Severiano cobra indenização pela transferência para o Fla, já que acredita ter direito de renovação automática com o jogador por ter depositado os R$400 mil previstos em contrato dentro do prazo para tal. O TRT concedeu tutela para que Arão siga trabalhando enquanto não há sentença.

O atleta se apresentou ao resto do elenco rubro-negro no Espírito Santo. O clube da Gávea recebe o América Mineiro pelo Grupo C da Primeira Liga nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica.

Fonte: Futnet