Em ‘tréplica’, Bebeto responde Assumpção: ‘Nunca tive nenhuma condenação’

Compartilhe:

Em meio a uma troca de acusações com o atual comandante do Botafogo, o ex-presidente Bebeto de Freitas pediu o seu direito de resposta depois de uma entrevista de Mauricio Assumpção ao ESPN.com.br e disse que nunca sofreu nenhuma condenação em sua gestão, em referência a acusação de sonegação de impostos por parte da administração que se encontra no poder.

Tudo começou depois de uma reunião com Dilma Rousseff, em Brasília, nesta sexta-feira. O presidente do alvinegro de General Severiano saiu do encontro dizendo que pode até mesmo abandonar o Brasileiro se não tiver as contas do clube desbloqueadas.

Horas depois, em contato com a reportagem, o ex-dirigente fez questão de comentar as declarações: “Esse presidente não é homem”, disse, acusando a atual diretoria de ter sonegado R$ 95 milhões em impostos.

Assumpção, por sua vez, quis rebater a entrevista nesta manhã e disse que Bebeto “sofre, além do fato da deselegância, de amnésia, e ele não fala para ninguém que em 2006 ele mesmo foi acusado de fraude pelo tribunal, sendo intimidado a pagar atrasados sob pena de prisão”.

Como tréplica, no início da noite deste sábado, o ex-presidente enviou um texto à redação, no qual afirma que “como presidente do Botafogo, defendi o clube sem nunca ter tido qualquer condenação e sem ter levado prejuízo ao time. O processo que sofre agora o Botafogo precisa apontar os responsáveis para que possam responder sobre essa sonegação de R$ 95 milhões, no processo de número 0011.22800-71.2010-5.01000, e decidir quem vai pagar”.

Fonte: ESPN.com.br

Comentários