O Corinthians ainda tenta assimilar a ausência do técnico Tite, que aceitou na última semana o convite para dirigir a Seleção Brasileira, e busca se recuperar das derrotas contra Palmeiras e Fluminense neste domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Botafogo. O duelo está marcado para a arena do Corinthians e será um grande teste para saber a recepção da torcida e a atitude dos atletas sem o comandante de tantas glórias nos últimos anos.

Será a primeira vez que os alvinegros atuam em casa desde o anúncio da saída de Tite, campeão brasileiro no ano passado, único título da passagem mais recente, e que acumula outro Nacional, uma Libertadores, um Mundial, um Paulista e uma Recopa na segunda estadia no Parque São Jorge. Para os atletas, no entanto, isso não é um fator tão determinante.

“Deixamos a desejar no segundo tempo contra o Palmeiras, mas já saímos mais contentes com o desempenho que a equipe teve contra o Fluminense, criamos várias situações de gol no primeiro tempo, no segundo mesmo com um jogador a menor e placar adverso conseguimos colocar o time deles lá atrás. Agora é muito trabalho para no próximo jogo em casa dar uma resposta positiva”, avaliou o lateral direito Fagner.

Para o embate, os corintianos não terão o goleiro Walter, que sofreu um estiramento no músculo adutor da coxa direita, o volante Elias, que tem uma fratura na costela, além dos experientes Cristian e Danilo, parados no departamento médico até julho por conta de problemas musculares. Yago, que foi expulso contra o Flu, também abrirá uma vaga na retaguarda.

Os substitutos serão Cássio no gol, Pedro Henrique na zaga e Rodriguinho no meio-campo. O interino Fábio Carille ainda promoverá mais uma mudança, com a entrada do atacante paraguaio Romero na vaga de Luciano, ainda em má fase e sem marcar gols em 2016.

Do outro lado, o Fogão chega fortalecido após a vitória por 3 a 1 sobre o América-MG, que tirou a equipe da zona de rebaixamento para a segunda divisão. Agora, os alvinegros querem aproveitar o momento errante do Timão para buscar o primeiro triunfo como visitantes no Brasileiro.

“Vai ser a mesma equipe, mas é claro que ter um cara como o Tite na beira do campo ajuda. Pra mim, ele é o melhor treinador do Brasil, quem sabe até o mundo. É claro que eles podem sentir, mas vão jogar para vencer. Sei como é jogar contra o Corinthians. Temos que estar bem concentrados para não sermos surpreendidos”, declarou o lateral Luis Ricardo.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X BOTAFOGO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 19 de junho de 2016, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (ambos do PR)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Romero

Técnico: Fábio Carille

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva, Diogo Barbosa; Airton (Dierson), Bruno Silva, Gervasio Nuñez e Leandrinho; Neilton e Sassá

Técnico: Ricardo Gomes

Fonte: ESPN.com.br