A negociação entre Botafogo e Jefferson ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira. Ainda sem ter apresentado um projeto, o Alvinegro recebeu uma notícia pouco agradável no início da noite. O goleiro, junto com seus empresários, decidiu não se reapresentar no dia 8 de janeiro em General Severiano caso o clube não tenha uma proposta concreta para pagar os R$ 2 milhões de dívidas criadas por falta de pagamento em 2014.

“Tivemos uma reunião no fim desta tarde com o Jefferson e decidimos isso. Ele só se reapresentará se o Botafogo preparar uma proposta para pagar a dívida que tem. Eles falam que vão pagar, mas até agora ninguém colocou isso no papel”, disse um dos empresários de Jefferson ao UOL Esporte.

Isso, no entanto, não significa que a negociação entre Jefferson e Botafogo não caminha como o esperado. O Alvinegro segue confiante no acerto e conta com a boa vontade do goleiro, que tem grande identificação com a torcida.

Goleiro da seleção brasileira, Jefferson tem contrato com o Botafogo até dezembro de 2015. Por conta  das dívidas, o jogador poderá acionar a Justiça e conseguir sua liberação do clube, caminho este que não conta com sua preferência.

Consolidado como um dos principais goleiros do país, Jefferson tem mercado e não seria difícil trocar de time. Entretanto, o camisa 1 já mostrou o interesse de permanecer no Botafogo, que terá que fazer sua parte no acordo para manter seu jogador mais valioso em 2015.

Fonte: UOL