A renovação de Sassá com o Botafogo está cada vez mais distante. Na reunião da última semana, o empresário do atleta pediu 1,5 milhões de euros de luvas (cerca de 5 milhões) para a extensão do vínculo por mais três temporadas. A informação foi dada em primeira mão pela Rádio Tupi e confirmada pelo Lance!.

Um dos motivos da alta pedida para o Glorioso – além da valorização do atleta – seria as sondagens recebidas do futebol asiático e leste europeu. Uma pessoa representando o CSKA, da Rússia, chegou a procurar os dois representantes do atleta, mas ainda sem conversar formalmente com o Botafogo. Como o seu vínculo vai até o final de 2017, em julho ele poderá assinar um pré-contrato.

Sempre que questionado sobre a renovação, Sassá fala sobre o Botafogo ser sua casa e do desejo de permanecer no clube. Entretanto, as negociações não são mais tratadas com otimismo por dirigentes alvinegros. O atacante teve problemas disciplinares no começo desta temporada, mas a falta de uma proposta concreta pelo atleta inviabilizou o negócio e garantiu a permanência.

Com 34 gols em 111 jogos com a camisa do Botafogo – sendo artilheiro do time em 2017, com sete tentos – Sassá foi titular nas duas últimas partidas. Contudo, ele passou em branco nos dois jogos (Sport e Barcelona), pouco aparecendo.

Fonte: Terra